• Bruna Brandt, Sócia e Diretora de R&S

Você já ouviu falar em Comportamento de Cidadania Organizacional?

O Comportamento de Cidadania Organizacional (CCO) é um termo utilizado para caracterizar aquelas ações positivas que os colaboradores realizam no contexto de trabalho e que não estão prescritas em suas funções, assim como não são recompensadas por um sistema formal de gratificações. Como acontece na sociedade de modo geral, o “comportamento cidadão” é manifestado de maneira voluntária, trazendo benefícios às pessoas envolvidas então, no caso das organizações, o CCO traz resultados positivos tanto aos colaboradores, como também, para a organização como um todo.


Ok, mas quais são os tipos de CCO que poderão ser manifestados pelos membros de uma organização?


Altruísmo – este comportamento ocorre quando um colaborador auxilia outro sem esperar nada em troca. Exemplo: oferece-se para ajudar a limpar a cantina após um evento interno da empresa;


Cortesia – caracteriza-se como aqueles comportamentos tidos como atenciosos e educados para com os colegas de trabalho. Exemplos: dizer “bom dia, boa tarde” ou perguntar a um colega como foram suas férias, como estão seus filhos, como está indo um projeto em que estão trabalhando;


Esportividade – capacidade de lidar com situações que não saem como o planejado ou habilidade para lidar com surpresas negativas. Exemplo: um colaborador assumir temporariamente as tarefas de um membro da equipe que quebrou um braço e ficará em licença médica por algumas semanas;


Conscienciosidade – envolve autocontrole e disciplina que vai além de chegar no horário, cumprir prazos. Exemplos: planejar com antecedência as férias para que os colegas não se afoguem em uma grande carga de trabalho;


Virtude cívica – é a maneira como o colaborador representa e apoia a organização para a qual trabalha. Exemplos: o colaborador defende a organização quando amigos, familiares falam mal. Também pode se caracterizar por elogios que o colaborador expõe e o orgulho que demonstra em trabalhar naquela organização.


Portanto, ao se compreender o que são os CCO e quais seus tipos, é possível que a organização desenvolva atividades e processos que potencializem tais ações, pois quando se investe no desenvolvimento dos CCO, surgem benefícios como:


  • Aumento nos níveis de significância do trabalho das pessoas;

  • Potencializa o desempenho e produtividade do colaborador;

  • Melhora os níveis de interações sociais entre os colaboradores;

  • Reduz o estresse;

  • Cria um senso de comunidade entre os colaboradores.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo