top of page

O que as empresas tem feito pelos direitos humanos

Dia 10 de dezembro é uma data marcada pela criação da declaração universal dos direitos humanos, que incluem a garantia à vida, à liberdade, ao trabalho em condições dignas, à educação, à saúde, entre muitas outras prerrogativas fundamentais e básicas, econômicas e sociais.

Nas últimas décadas aconteceram mudanças significativas na nossa sociedade, fazendo com que as empresas, antes vistas apenas como instituições destinadas à maximização de lucros e soluções de problemas, voltem, também, suas atenções para questões que vão além do âmbito econômico e pensem também no contexto social em que estão inseridas.

Promover direitos simboliza não apenas um alto ganho empresarial (estudos apontam o quanto a diversidade é lucrativa), mas, sobretudo, um ganho na identidade e reputação empresarial.

No mês passado a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo (SMDHC) divulgou a relação das organizações que receberam este ano o Selo de Direitos Humanos e Diversidade por suas iniciativas de inclusão e boas práticas de Direitos Humanos.

A edição de 2022, a quinta desde a implantação do programa, bateu o recorde em número de iniciativas inscritas e reconhecidas pelo Selo. Foram 313 inscritas, das quais 217 foram reconhecidas, contra 183 inscrições e o reconhecimento de 141 iniciativas na edição do ano anterior. Veja as categorias:

  • Igualdade racial: 16 iniciativas

  • Infância e Adolescência: 22 iniciativas

  • Juventude: 11 iniciativas

  • LGBTQIA+: 14 iniciativas

  • Mulheres: 29 iniciativas

  • Pessoas com deficiência: 19 iniciativas

  • Pessoas em situação de rua: 9 iniciativas

  • Pessoas idosas: 12 iniciativas

  • Pessoas imigrantes: 18 iniciativas

  • Pessoas privadas de liberdade: 4 iniciativas

  • Povos indígenas: 2 iniciativas

  • Transversalidades: 71 iniciativas

Mesmo sendo em outro estado, muitas empresas com iniciativas reconhecidas são de atuação nacional, seus cases servem de inspiração para que você possa pensar sobre esse assunto! Vale a pena conferir! Para saber mais sobre as iniciativas premiadas basta clicar AQUI.




4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page