• Bruna Brandt, Sócia e Diretora de R&S

Gestão de Mudança Organizacional e Dicas para Fazê-la


Você sabe o que é Gestão de Mudança Organizacional? Qual a sua importância no contexto organizacional? Quais as fases de implementação? Esses são apenas alguns dos questionamentos que iremos responder no texto de hoje.

Gestão de Mudança Organizacional nada mais é que um conjunto de ações, práticas e estratégias que tem como finalidade promover a transição, adaptação e/ou implementação de novos processos em uma organização, tornando a vivência mais saudável e menos burocrática. A Gestão de Mudança Organizacional possui uma metodologia com etapas que poderão preparar e guiar a empresa no decorrer das transformações. Através dela os líderes e colaboradores terão maiores subsídios para se adaptar às mudanças, sem grandes dificuldades ou resistências.

A seguir, listamos alguns princípios que poderão ajudar os gestores no processo.

- Considerar todos os setores da organização e as pessoas que os compõem;

- Identificar a cultura organizacional e procurar segui-la;

- Promover discussões e trocas de ideias entre todos os colaboradores;

- Não ocultar informações relevantes sobre o processo, pois poderá gerar clima de

insegurança e medo;

- Observar como a equipe está recebendo as informações quanto às mudanças;

- Realizar, quando necessário, ajustes no decorrer do projeto de mudança.


Além dos princípios mencionados, também é possível considerar alguns passos que poderão auxiliar na implementação eficiente da Gestão de Mudança Organizacional, são eles:


1° Passo – Definir de maneira clara o porquê e quais as mudanças que ocorrerão, considerando os objetivos do negócio. Pense também nas metas e prazos para a realização;

2° Passo – Analisar e determinar quais serão os impactos e quem será afetado pela mudança;

3° Passo – Definir estratégias de comunicação para que os colaboradores saibam quais são as mudanças que ocorrerão, o motivo de estarem acontecendo e como cada um será afetado. Assim, pense na linguagem que adotará e os canais de comunicação que

utilizará. Lembre-se a responsabilidade da compreensão durante a comunicação é do emissor (quem fala) e não do receptor (quem recebe a informação);

4° Passo – É de suma importância determinar quais os comportamentos e habilidades que serão necessários após a implementação das mudanças e assim fornecer treinamento efetivo aos colaboradores para que consigam lidar com eficiência à medida que a mudança for implementada;

5° Passo – Forneça um ambiente de suporte, acolhimento e ajuda aos colaboradores para que estes possam lidar de maneira mais saudável com as transformações;

6° Passo – É importante que durante todo o processo de mudança que sejam estabelecidas ferramentas, estruturas para medir os impactos desta transformação para o negócio da empresa, assim como para os colaboradores.


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo