• Bruna Brandt, Sócia e Diretora de R&S

Você sabe o que é aprendizagem organizacional?

As organizações tendem a enfrentar diariamente condições de incertezas, ambientes em constante mudança e intensa competição. O padrão de competitividade e o ambiente de contínua mutação da Sociedade Pós-industrial ou a Era do conhecimento acarretam a necessidade de as organizações terem que emitir respostas rápidas, no sentido de torná-las produtivas e, assim, garantir sua sobrevivência. Dessa maneira, nesse cenário de intensa competitividade, constata-se que uma das questões mais importantes refere-se à necessidade de prover ações que são direcionadas ao aperfeiçoamento contínuo dos colabores, desenvolvimento de novos serviços e produtos. Essas ações têm como objetivo não tornarem as organizações defasadas e obsoletas em relação ao mercado.


Nesse contexto, o conceito de Aprendizagem Organizacional surge como um diferencial de competitividade que auxilia as organizações a promoverem inovações e mudanças necessárias e, assim, desenvolverem continuamente suas competências. O papel do conhecimento torna-se, cada vez mais, importante e as organizações tendem a valorizar as experiências e o know-how de seus colaboradores. Dessa maneira, a gestão do conhecimento tem a finalidade de possibilitar um ambiente de aprendizado contínuo para que a gestão das competências seja uma realidade presente no contexto organizacional.


Mas você deve estar se perguntando, como promover a aprendizagem organizacional na organização? A aprendizagem organizacional pode se dar de diferentes formas, entre elas é possível citar:


- Compartilhamento de Informações: as informações precisam ser distribuídas entre todos, pois assim, os conhecimentos gerados sobre os processos internos da empresa serão aprimorados através das trocas entre os colaboradores, o que tornará mais assertiva as ações;


- Aprendizagem Cultural: disseminação da missão e dos valores estabelecidos pela organização e seguidos por todos aqueles ligados à empresa (gestores, colaboradores, prestadores de serviços, fornecedores) é fundamental para que se potencialize o sentimento de pertencimento;


- Aprendizagem com o Líder: ocorre por meio dos exemplos e ações dos líderes para seus liderados. Além disso, pode-se desenvolver a aprendizagem organizacional através das trocas de conhecimento do líder com sua equipe, pelo incentivo à leitura, compartilhamento de notícias relevantes ou promoção de treinamentos;


- Aprendizagem Prática/Ativa: a aquisição de conhecimentos se dá inicialmente pelo conhecimento teórico e, posteriormente, pela sua assimilação com a prática - que deverá ser contínua;

- Experiências do Profissional: possibilitar que os colaboradores analisem suas experiências positivas e negativas, compreendendo seus erros e acertos e assim possam planejar de maneira mais assertiva suas próximas ações;


- Aprendizagem Sistêmica: é fundamental que todos na organização compreendam os processos, serviços/produtos, identidade da organização para que possam refletir sobre as ações e oferecer soluções para, não só o departamento onde estão alocados, mas também, para a empresa como um todo.


Portanto, tais elementos são fundamentais para o desenvolvimento da aprendizagem organizacional, uma vez que possibilita a combinação entre diferentes conhecimentos e, desta maneira, surge a possibilidade dos colaboradores se desenvolverem efetivamente. No entanto, quando se fala em processo de aprendizagem, observa-se que este é algo dinâmico e que tem a participação de pessoas que possuem diferentes características e vivências, o que faz pensarmos que não existe uma única forma de ocasionar a aprendizagem organizacional, assim, é importante que os gestores estejam atentos às peculiaridades do contexto de sua organização.


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo