• Caroline Menezes, Assistente de R&S

Testes comportamentais como ferramentas de avaliação em tempos de home office e entrevistas online

Os processos de Recrutamento e Seleção (R&S), fundamentais na área de Gestão de Pessoas, podem ser considerados de extrema importância em uma organização, visto que é através deles que o trabalhador ingressa em uma empresa. Para isso, é necessário que o candidato esteja alinhado à cultura de determinada organização.


Diante disso, os processos de R&S precisam se modificar e encontrar - cada vez mais - novas técnicas , uma vez que o mundo do trabalho também muda e se atualiza de forma constante, principalmente com o advento cada vez maior da tecnologia e ainda mais no momento em que vivemos, em que um vírus afetou de forma geral o nosso cotidiano. A exemplo disso, a avaliação psicológica, uma das principais ferramentas utilizadas nos processos seletivos, aceitou esse novo modo de viver, passando a ser realizada – algumas testagens – de forma online.


Além dos testes psicológicos, os quais têm uso restrito a psicólogos, também são de grande predominância na área de recrutamento e seleção os testes comportamentais. Esses, aplicados através de um questionário, indicam tendências de perfil dos candidatos, como liderança, comunicação e dinamismo.


É importante destacar que cada cargo irá necessitar de habilidades diferentes, por isso é fundamental analisar os resultados dos testes conforme a descrição do cargo para o qual os candidatos estão sendo avaliados. Também vale lembrar que os testes comportamentais não são considerados psicológicos, ou seja, podem ser utilizados por profissionais que possuem outras formações, como administradores e demais profissionais que atuam na área de recrutamento e seleção. Estes testes se destacam ainda mais hoje, devido à possibilidade de serem realizados de forma online. Nesse sentido, facilitam os processos seletivos para aqueles que atuam de forma home office.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo