top of page

Quiet Quitting: um desafio para lideranças em 2023!

No final de 2022 uma “tendência” ganhou força no mundo corporativo. O quiet quitting traduzido ao pé da letra significa “desistência silenciosa”, nada mais é do que a busca por mais equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.


O quiet quitting implica o profissional mostrar que tomou a decisão de limitar suas tarefas às estritamente necessárias dentro da descrição de seu trabalho, evitando longas jornadas e sobrecarga, isso com o objetivo de estabelecer limites claros entre vida profissional e pessoal. Assim, esses profissionais cumprem com suas obrigações de trabalho, mas não “vivem para trabalhar”. Eles reservam tempo para o lazer e a família e, quando chegam em casa, deixam o trabalho para trás.


Essa prática é um reflexo dos desequilíbrios gerados pela pandemia no mundo do trabalho e pode ser um desafio para lideres em 2023, já que vem sendo vista como uma demissão silenciosa, mas na verdade não é bem assim. Os profissionais que adotam o quiet quitting não estão fazendo “corpo mole” por querer serem demitidos, acontece que com a pandemia muitas pessoas reviram os seus valores e hoje priorizam por ter mais tempo de qualidade e equilíbrio, portanto sua busca é por qualidade de vida e não por uma demissão.

Para lidar com esses fenômenos, líderes de todas as áreas serão desafiados que atrair e reter talentos em suas companhias, manter o engajamento e a produtividade. Só tem uma maneira de isso acontecer, através da conexão!

Lideres de mente aberta, tendem a ter maior sucesso nesse desafio, já que estarão preparados para se autoquestionar e ouvir o que as equipes tem a dizer, eles devem se perguntar constantemente “como é a cultura na empresa? Ela é tóxica? Como está a demanda de trabalho de acordo com determinado cargo? estou exigindo demais? Minha equipe está feliz”.


Essas e outras perguntas podem fazer com que o quiet quitting nunca aconteça na sua empresa, e vale reforçar, é obrigação do setor de gestão de pessoas, trabalhar essas questões junto aos líderes, mas é também obrigação dessas lideranças as atitudes positivas para que os desafios sejam superados!


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page