top of page

O QUE É GAMIFICAÇÃO NO CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS?


Trabalhar em equipe se torna, muitas vezes, algo essencial na rotina de uma empresa. Atualmente, muitas organizações prezam por colaboradores que tenham um perfil alinhado com os objetivos organizacionais. Mas como fazer com que se mantenha esse pensamento ao longo do tempo nas empresas? Um dos vários recursos que podemos utilizar para trabalhar questões do clima organizacional é a gamificação.



De forma geral, a gamificação é uma estratégia utilizada para aumentar o engajamento e o senso de equipe entre os colaboradores, como forma de trabalhar questões pertinentes ao clima organizacional de uma empresa, tornando o ambiente de trabalho mais leve e descontraído. As atividades propostas são questões pertinentes à rotina de trabalho, sejam elas de um setor ou da empresa como um todo, para fazer com que se desenvolva um senso crítico e autonomia na tomada de decisões, tanto de cada colaborador como de uma equipe.

Claro que, para isso, é importante estabelecer qual o objetivo para utilizar tal estratégia: não se pode mobilizar tamanha quantidade de questões do trabalho sem um fim. É preciso entender se a gamificação está em um contexto maior na empresa, seja de análise de questões, de processos, crescimento profissional, plano de carreira, entre outros. Aqui, se analisa também a motivação dos colaboradores, para entender quais fatores os engajam a permanecer e investir na empresa.

Pensando que, na prática, se trata de adotar uma lógica de “jogo”, é importante salientar que a gamificação não é uma estratégia que vise despertar a competitividade entre os colaboradores, mas sim o comprometimento e ajuda mútua, como forma de melhor construir um ambiente saudável de trabalho. Por mais que se utilize regras claras, premiações, desafios e pontuações, é importante salientar que não se trata somente disso, mas de ir mais além.

Além do mais, a criatividade se torna um ponto evidente dentro dessa estratégia, já que se trata de propor um jogo, onde os participantes utilizem sua capacidade analítica para lidar com as situações. Aqui, a principal ferramenta de uso é o potencial de cada um alinhado com a proposta em grupo da atividade.

O fim último disso é a conquista de engajamento, motivação, aprendizagem, produtividade, melhoria do clima organizacional e análise crítica das situações. Assim, investir nos colaboradores é investir na empresa, e nessa estratégia de trabalho não poderia ser diferente.

33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page