• Caroline Menezes, Assistente de R&S

Feedback: Porquê fazer e o que deve ser observado antes de realizá-lo

A área de gestão de pessoas é incentivada de forma frequente a buscar novos métodos e ferramentas as quais possam desenvolver seus profissionais, especialmente pelo fato de que a cada dia o mundo do trabalho tem se mostrado mais competitivo. No entanto, sabe-se que manter os colaboradores motivados no contexto organizacional tem se tornado ainda mais importante, uma vez que pode estar relacionado a bons resultados dentro de uma empresa.

É fundamental quando algum colaborador não demonstra estar em consonância com determinados objetivos da empresa, que este receba um feedback, pois assim será desenvolvida de forma mais efetiva a comunicação entre empresa e colaborador. Ou seja, o colaborador saberá de forma clara o que a empresa espera dele.

O feedback, enquanto ferramenta de gestão, consiste em dispor informações sobre desempenho, comportamentos e atividades executadas com a finalidade de observar necessidades de desenvolvimento profissional e possíveis melhorias. Para isso, importante que não sejam abordados somente pontos a desenvolver, mas ressaltar as habilidades do colaborador, em vista de que somente apontar falhas ou erros fará com que o colaborador se sinta desacreditado. Além disso, é através do feedback que ambas as parte – empresa e colaborador – conseguem alinhar suas expectativas, podendo assim chegarem a um consenso em relação aos resultados esperados.

Existem algumas dicas relevantes para aqueles que pretendem realizar um feedback com a sua equipe:


  • Criar um ambiente propício, em que o colaborador entenda a importância do feedback, que agrega de forma positiva ao trabalho;

  • Demonstrar empatia, pois faz com que o colaborador se sinta valorizado e respeitado.

  • Conversas regulares

  • Metas a serem alcançadas devem ficar bem definidas, assim o colaborador saberá o que o gestor e a empresa esperam dele.

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo